Quem foi Joseph Pilates?

“Não interessa o que faz mas, sim, como faz.”

A vida de Joseph Pilates foi marcada por uma sucessão de acontecimentos assinalados por um período histórico conturbado. Todas as influências, motivações, aspirações e experiências vividas por este génio alemão, convergiram e culminaram na criação da Contrologia. O método Pilates é intuitivo, criativo, vigoroso e complexo. Não é apenas um desígnio físico, é uma proposta de educação motora para a vida, integrando todas as instâncias da pessoa (física, mental e espiritual), destinado a devolver a liberdade de se movimentar com segurança, ter autonomia e ser os melhores cidadãos do mundo, promovendo saúde.

 

“Hábitos incorretos são responsáveis pela maioria de nossas doenças, se não por todas elas.”

Previamente ao seu nascimento a 09 de dezembro de 1883, ainda no início do século XIX, em prol do movimento nacionalista e militarista que visava a unificação política, os clubes de ginástica Turven, são inventados por Jahn em 1800. Com conotações patrióticas e sentido político, os exercícios físicos e jogos eram o meio para adquirir força, agilidade e coragem, aprender a agir pelo povo e pela pátria, e desenvolver a camaradagem e a igualdade (conexão saúde e moral). Os Turven foram muito importantes posteriormente em todo o império alemão com o despoletar da I Guerra Mundial.

Posteriormente, já em 1873, no âmbito da unificação económica e do subsequente crescimento dos problemas de saúde pública surge o primeiro manual de ginástica alemã da autoria de Guts. Com o intuito de educar o indivíduo, é explanada uma intensa argumentação sobre a necessidade premente da prática de exercício físico ao ar livre, como meio de recuperação da sociedade imóvel e acomodada, oriunda da ordem urbana gerada pela industrialização alemã (relação corpo e mente).

Assim, quando nasce Joseph Pilates quase no final do século XIX, a saúde da população é tida como um requisito básico para o bom governo e desenvolvimento de um estado forte. A ginástica é enaltecida como a resposta à transformação dos estilos de vida (insalubridade e imobilidade) impulsionada pela industrialização e a resultante aglomeração em centros urbanos que desencadearam diferentes problemas de saúde pública.

"As pessoas só vão perceber o quanto meu trabalho é brilhante daqui a 50 anos."

pilates-costas.jpg

A sua Mãe (operária fabril) era de ascendência alemã e o Pai (serralheiro e ginasta) de ascendência grega. A família de Joseph Pilates tinha, portanto, profissões de baixo aporte económico. Mediante a descrição do próprio, foi um menino frágil e debilitado que se interessava por observar as outras crianças e os animais onde procurou transferir os conceitos de maturação, flexibilidade, relaxamento e fluidez. Por ter asma, desde da infância que se viu envolvido em desígnios respiratórios. Embora, no colégio tivesse obtido formação em higiene prática no âmbito do sistema de vigilância em saúde para as escolas, relativamente aos estudos do exercício físico, foi autodidata. Praticou artes marciais e yoga tirando destas práticas as bases da Contrologia. Saiu de casa aos 16 anos, tendo sido cervejeiro de profissão. Casou, teve 3 filhos e já viúvo, em 1914, foi para a Grã-Bretanha. Inicialmente, foi boxeador e depois devido às circunstâncias hostis dedicou-se às artes circenses. No mesmo ano, já no contexto da I Guerra Mundial foi preso na condição de estrangeiro inimigo até 1919. No campo de detenção para estrangeiros colocou todo o seu conhecimento em prática, exercitando-se com os outros presos. 

"Com 10 sessões você perceberá a diferença, com 20 sessões os outros irão perceber a diferença e com 30 sessões você vai ter um novo corpo.”

A Contrologia

“Seu corpo é seu maior bem, ele guarda e reflete sua alma. Cuide dele como se fosse uma pedra preciosa e nós o lapidaremos.”

Em 1819, no fim da guerra é deportado para a Alemanha tendo dado continuidade ao seu método. Ao fim de quatro anos, em 1923, vai para Nova York com a sua esposa Clara, onde abrem um estúdio. Rapidamente ganhou reconhecimento por atletas e pessoas comuns e foi impulsionada a expansão da Contrologia. Em 1934, publicou o livro “Your Health” e em 1945 “Return to life”. Muito mais que apenas um título de livro, o Retorno à Vida através da Contrologia, era intenção principal do seu método de exercícios de poder resgatar nas pessoas o prazer e a alegria de viver e se movimentar, dentro de um processo de integração do homem com ele mesmo – CORPO, MENTE E ESPÍRITO.

Faleceu aos 83 anos, em Nova York, a 9 de outubro de 1967. A sua esposa Clara deu continuidade ao seu trabalho por mais dez anos e Romana Kryzanowska (bailarina do New York City Ballet) assumiu o estúdio após a sua morte.

Joseph Pilates deixou um legado de professores e o mtodo de Pilates foi preservado e desenvolvido por meio do trabalho de seus discípulos, nomeadamente: Mary Bowen; Ron Fletcher; Eve Gentry; Kathy Grant; Jay Grimes; Bruce King; Carola Trier; Lolita San Miguel.

“Um velho sem flexibilidade é um velho, um velho com flexibilidade é um jovem.”

O trabalho de Joseph Pilates é reconhecido e praticado mundialmente como um método eficaz e seguro de exercício físico, quando ensinado e aplicado corretamente.

Joseph era um “criador e um génio universal”, muito além do seu tempo. Não apenas desenvolveu um programa singular, que não necessita de ser modificado porque funciona, como também projetcou todos os equipamentos, especificações e ajustes necessários para ensiná-los corretamente.

A Contrologia desenvolve um corpo uniforme, corrige posturas erradas, restaura a vitalidade física, revigora a mente e eleva o espírito. São 6 os princípios essenciais do Método, pensados com o único objectivo de alcançar resultados rápidos da melhor forma possível: 

cadillac-pilates-e-aluna.jpg
pilates-exercicio-membros-superiores

pilates-exercicio-membros-superiores

pilates-idoso

pilates-idoso

joseph-pilates-reformer-2

joseph-pilates-reformer-2

joseph-pilates-exercicio-solo

joseph-pilates-exercicio-solo

joseph-pilates-em-grupo

joseph-pilates-em-grupo

joseph-pilates-ensinando-chair

joseph-pilates-ensinando-chair

joseph-pilates-com-aluna-reformer

joseph-pilates-com-aluna-reformer

joseph-pilates-cama

joseph-pilates-cama

joseph-pilates-chair

joseph-pilates-chair

joseph-pilates-aula

joseph-pilates-aula

joseph-pilates-aula-membros-inferiores-2

joseph-pilates-aula-membros-inferiores-2

exercicio-cadillac-joseph-pilates

exercicio-cadillac-joseph-pilates

aula-em-grupo-joseph-pilates-ar-livre

aula-em-grupo-joseph-pilates-ar-livre

alongamento-pilates

alongamento-pilates

Principios Pilates.png

‘’Paciência e persistência são qualidades vitais no resultado final para realizar algum esforço que valha a pena.’’

“Quando todos os seus músculos estiverem propriamente desenvolvidos, você realizará com rotina os seus exercícios com o mínimo de esforço e o máximo de prazer.”